2004-08-27

USA (não EUA): standard universal para uma linguagem global

Escrevo USA e não EUA porque penso que uma linguagem global prioritária será um dos meios mais necessários e importantes para construirmos uma fraternidade universal futura. Para isso convido todos os povos a usarmos o mesmo termo, de preferência o que já é mais usado, e não traduzirmos palavras novas.
Sugiro o uso de USA em vez de EUA porque:
Tempo é vida e se todo o mundo deixar de traduzir siglas, nomes próprios, novos nomes, etc. economizamos milhões de horas no futuro.
O mundo globaliza-se e uma língua global pode ser o melhor meio de favorecer uma melhor convivência global.
O uso standard de termos internacionais facilita os programas de pc, uso de Internet, pesquisa, investigação, etc. Na medida em que caminharmos para uma linguagem única estamos a oferecer um presente de eficiência e economia de tempo às gerações futuras.
Se concorda divulgue esta ideia e se não concorda comente-a.
Mais: http://xoomer.virgilio.it/jiimm/wl.htmONU-W-GOV: 2008/12 - 2009/01ONU-W-GOV: Bill Gates, voluntariado, beneficência, pessoa ...
 repetir a pesquisa incluindo os resultados omitidos.