2006-08-06

Gates2008 se fosse Bill Gates...
Gates2008=Bill Gates só beneficência a partir de 2008.
Penso que esta decisão de deixar os seus negócios em 2008 para se dedicar só à beneficência será uma das decisões que mais influirá neste século. E essa influência dependerá da sua divulgação para servir de estímulo a outros, incluso de preferirem os produtos das suas empresas porque parte vai para beneficência. Passo a chamar “gates2008” a várias iniciativas inspiradas nesta decisão de Bill Gates:
Se eu fosse Bill Gates, se tivesse a sua inteligência e eficiência, faria os possíveis por tornar-me Secretário Geral da ONU ou inventaria uma Neo-ONU. Não para combater a ONU mas para colaborar com outros métodos para um melhor governo mundial.
Criaria um fórum mundial de ideias para um mundo melhor e procuraria dar trabalho a todos, primeiro como voluntários, depois como empregados dentro do possível. Aos voluntários com mais necessidades económicas procuraria dar o essencial para eles e famílias. Os melhores subiriam nas estruturas da Neo-ONU, seriam premiados na medida em que mais contribuíssem para um mundo melhor, nem sempre economicamente, muitas vezes segundo as aspirações e possibilidades da organização.
Se tivesse a inteligência, eficiência e filantropia de Bill Gates talvez fosse o melhor Secretário da ONU de todos os tempos. Estimularia os melhores de todo o mundo a contribuírem com o que podiam para um mundo melhor. Transformaria a criatividade individual em criatividade colectiva com normas universais standard de protecção dos direitos de autor e estímulo da criatividade individual. Aos melhores criativos daria os melhores meios para inventarem um futuro melhor.
Criaria uma rede de correios global com o máximo de garantias de forma com as migalhas dos ricos pudessem salvar muitos que morrem de fome e o trabalho dos pobres beneficiasse os ricos. Em cada estação de correios de todo o mundo colocaria um representante da ONU para ajudar os que não têm Internet, ou talvez mesmo 3 para funcionarem 24 horas sobre 24 sempre que as condições o permitissem. Mesmo os correios poderiam em parte funcionar 24 horas sobre 24: evitavam as bichas, davam trabalho a mais desempregados e forneceriam muitos serviços com Internet que com os meios tradicionais obrigam a grande viagens ou não se fazem por não serem rentáveis.
Mais:
Bill Gates fan club: voluntários de acção social, beneficência, filantropia e solidariedade
ONU, Bill Gates, elites de profissionais e voluntários inventores do futuro
Inventores do futuro, precisam-se na política, economia e culturaBill Gates, capitalismo, comunismo, anarquia e luta no-global globalizada
Bill Gates2008, filantropia, beneficência, mitos, heróis, santos e terroristas
Revolucionários da passado, presente e futuro
ONU, UNESCO, web-serviços, correios, banco global, e invenção do futuro
ONUpol, web-governo mundial, justiça sem fronteiras, liberdade e repressão da criminalidade e terrorismo
Bill Gates2008: só beneficência, educação e instruçãoBill Gates e nova anarquia americanaPaz: dos pacifistas de Che Guevara à Neo-ONU, da luta à colaboração de classes
Bill Gates, Berlusconi, milionários, beneficência, saúde, educação e instruçãoG8: dos violentos reazionários no-global à Neo-ONUBill Gates e nova anarquia americanaBill Gates e capitalismo no seu melhor, anarquismo no seu pior
Bill Gates: herói no Vietnam, perseguido e imputado na Europa
Bill Gates, presidente da China, Bush, economia e política
Bill Gates e capitalismo no seu melhor, anarquismo no seu pior
Bill Gates, milionário, benfeitor e anarquia do futuro
Copyright, copyriot, copyleft e futuro global
onu, unesco, informação e democracia global
Direitos de autor, propriedade intelectual, ética e justiça
Bill Gates e capitalismo no seu melhor, anarquismo no seu pior
Em italiano, per saperne di più:
Virus: intelligenze di Bill Gates e stupidaggine (od ottusità?) della giustizia: Se gli autori dei primi virus … BILL GATES, VIRUS, WORM, GIUSTIZIA, INTELIGENZIA E ESTUPIDAGINI