2012-01-20

EEE=editora-ética-electrónica, eBooks, peBooks, (personalizados e-Books), associações, cooperativas, voluntariado, trabalho e beneficência para um futuro melhor


Imagino uma EEE=editora-ética-electrónica, talvez em colaboração com associações de voluntariado e beneficência ou cooperativas para publicar eBooks e peBooks,  (personalizados e-Books), com a prioridade à ética local, nacional e global. 
Com a facilidade de editar, cresce a dificuldade de separar o bom do mau. Com a evolução sempre mais rápida certos valores mudam de um dia para o outro. Imagino uma editora com prioridade à ética, deontologia e valores para um futuro melhor que se torne uma forma de economizar tempo para quem procure qualidade seleccionada com a colaboração de elites e principiantes internacionais. Por um lado servir de escola a novos autores e por outro de vitrina e promoção dos melhores. Dessa colaboração entre novos e afirmados autores pode nascer uma evolução do saber actual e invenção de um futuro melhor.
A divulgação da informação e do saber tornou-se fácil mas mais difícil a separação entre verdade e mentira, qualidade, ciência, inteligência e populismo.    
Certas informações falsas mas agradáveis para a maioria podem sobrepor-se à verdade dura da ciência e correr mais veloz nas auto-estradas da informação online.
Imagino uma editora online com colaboração entre elites da cultura e ciência com novos autores, editores e formadores do futuro.
As novas tecnologias facilitam a experimentação e selecção do melhor com a colaboração da criatividade e inteligência colectiva. Se um eBook contêm uma informação falsa ou afirmações que não são científicas deve imediatamente ser corrigido ou excluído desta editora. Assim os clientes desta editora sabem de contar com uma informação seleccionada e com mais garantia de qualidade.
Um livro pode condicionar muito a vida de um leitor, em positivo ou negativo. Uma editora com a colaboração de muitos com a prioridade à ética e futuro melhor terá mais probabilidade de ser mais positiva.
Imagino uma editora ou cooperativa virtual online de autores para aproveitar ao máximo a criatividade e inteligência colectiva para leitores do futuro que preferem pagar alguns euros para economizar tempo.  O tempo é um dos principais valores a ter em conta nas edições do futuro. Uma hora pode valer de €1 a €1.000. Certos milionários pagam muitas vezes mais de €1.000 para economizarem uma hora de tempo. Imagino que uma das profissões do futuro seja escrever peBooks, livros personalizados para VIPs ou grupos de pessoas com idênticas necessidades de informação. Alguns podem pagar grandes somas de dinheiro para uma informação personalizada. Outros pagam pouco para uma informação seleccionada com o que interessa a muitos mas menos personalizada. Em muita informação grátis estão ideais sociais, políticos ou religiosos. Mas noutra só o interesse do lucro, vendendo gato por lebre e causando enormes perdas de tempo com falsidades prejudiciais.
Imagino uma editora que oferece gratuitamente o melhor dos melhores para quase todos a título de promoção e publicidade, mas pode fazer pagar muito por informação seleccionada, mais ou menos personalizada.
Imagino a colaboração com outros editores para o máximo de aproveitamento da inteligência e criatividade colectiva do momento para um futuro melhor.