2015-06-10

De Mao a Hitler: crimes, heroísmos e relatividade dos números, matemática, lógica, ética, deontologia, moralidade, civilidade, política, justiça, horrores e opinião pública



Hitler aparece como símblo dos horrores e do mal absoluto do passado. Não tenho dúvida dos horrores e dos 6 milhões de judeus mortos. Mas se na Alemanha existiam menos de meio milhão de judeus e muitos fugiram a tempo para USA, Suíça, Inglaterra, Portugal, etc., quer dizer que mais de 5,5 milhões foram executados com a cumplicidade dos amigos ou aliados de Hitler: Mussolini, etc.? Se na Segunda Guerra Mundial morreram cerca de 60 milhões de pessoas todas as culpas devem ser atribuídas a Hitler por ter começado? Ou também à Russia de Stalin com quem firmou um pacto secreto de dividir a Polónia? Ou todos os que entraram em guerra a seu lado? Mas se assim for não será a moral e justiça dos vencedores? Dos melhores? Em geral na História vencem os melhores? Ou considera-lhe melhor a ideologia, moral, razão, crenças e religiões dos vencedores?
Da história que conheço, do Império Romano a hoje, sempre os vencedores determinaram de forma preponderante o que era melhor ou pior. Mas muitas vezes houve uma interação de valores que terminou no que muitos, (a maioria? Ou a maioria das elites?), considerou melhor.     
Dos números de que disponho, os condenados à morte por razões políticas no tempo de Hitler foram cerca de 3.000. Cerca de 2.000 foram condenados à morte por um juiz que queria fazer carreira política e encontrar-se com o Hitler para ser retribuído. Morreu antes de poder mostrar a Hitler a lista dos condenados à morte por serem seus inimigos ou perigosos adversários. 
Se o número de condenados à morte por oposição política fosse determinante para uma lista dos criminosos da História, quantos apareceriam primeiro de Hitler?
Quantos mortos de fome da actualidade se poderiam salvar com outros valores, justiça e política? Se a notícia de 6 milhões de mortos de fome num só ano não é um crime superior ao genocídio dos judeus de Hitler? 
Ontem à noite vi numa TV Alemã um documentário sobre 3 milhões de mortos da Arménia, primeiro os homens e depois mulheres, crianças e idosos. Com atores a interpretar embaixadores, jornalistas e testemunhas daquele tempo, reproduziram documentos desconhecidos da opinião pública, guardados em segredo para não prejudicarem relações políticas com a Turquia. Alemanha, USA, e vários diplomatas internacionais evitaram denunciar os crimes contra a humanidade de que tinham conhecimento para não estragarem as relações comerciais ou políticas. 
Recordo Berlusconi que denunciou os crimes do comunismo na China, uma atitude política moralmente corajosa e de consequências diplomáticas discutíveis. Berlusconi foi muito acusado pelas suas relações de amizade com ditadores como Kadafi mas não tenho conhecimento de atrocidades como as de outros genocídios: os judeus de Hitler, os arménios da Turquia ou uma seita religiosa de Ruanda em 1994,...
Alguns políticos alemães querem destruir, por razões estéticas, o Hotel Mercure, um dos melhores da ex-DDR. Contra estas razões estéticas não deveria levantar-se a opinião pública com razões de ética global?
Os políticos alemães que querem destruir o hotel Mercure de Potsdam por razões estéticas não estão a cometer um crime contra a humanidade tendo em conta os mortos de fome que se poderiam salvar com os custos de energia, dinheiro e atividade humana se fosse para salvar mortos de fome?
(1)                          Tenho a impressão de que na Europa e em 4 continentes onde vivi Hitler foi considerado o pior símbolo da maldade humana.
(2)                          Neste artigo “De Mao Tsé-Tung a Pinochet, os regimes mais ...” Hitler aparece em segundo lugar, entre Mao e Stalin. Mas de Stalin calcula-se que os condenados à morte por razões políticas foram entre 3 e 60 milhões, com grande prbabilidade entre 15 e 20 milhões. Neste artigo não se fala dos responsáveis pelo genocídio da Arménia. Vendo um documentário na TV Alemã senti o comentário: "pior do que Hitler". Na Alemanha não há ruas com o nome de Hitler. Na Turquia há muitas ruas e instituições com os nomes dos autores do genocídio da Arménia.  




O bilionário de software Hasso Plattner queria comprar o Mercure em 2012, demolir e construir uma galeria de arte. Pensei mandar-lhe uma carta aberta a pedir de sponsorizar NEOsurrealismo e salvar mortos de fome, em vez da sua galeria de arte... “A parte superior da cidade estava emocionada”? Elites dos negócios com o dinheiro do povo? “Críticos como o chefe do Partido de Esquerda Hans-Jürgen Scharfenberg ... Zukunft vom Hotel Mercure in Potsdam: Ein Ergebnis wie ...  Traduzir esta página

·  Zukunft von Lustgarten und Hotel Mercure: Mehr Spaß ...

www.pnn.de/potsdam/973470/
há 6 dias - Beide sehen langfristig das Verschwinden des Hotels Mercure vor. ... Potsdam - Absage an den barocken Garten: Eine Wiese anstelle des ...

·  Stadtentwicklung - Potsdamer Neueste Nachrichten

www.pnn.de/stadtentwicklung/
Beide sehen langfristig das Verschwinden des Hotels Mercure vor. ... Auf einer Fläche von zwei Fußballfeldern wird am Brauhausberg in Potsdam das neue Sport- und Freizeitbad errichtet - für ... Wie soll der Lustgarten in Zukunft aussehen?

·  Werkstattverfahren für Lustgarten in Potsdam: Am Ende ...

www.pnn.de/potsdam/973058/
03/06/2015 - Wie soll der Lustgarten in Zukunft aussehen? In der dritten ... ihre Entwürfe. In einer Sache sind sich die Architekten einig: Das Hotel "Mercure" soll weg. ... Beide sehen langfristig das Verschwinden des Hotels Mercure vor.

·  Aktuelles - Werkstatt

www.werkstatt-lustgarten.de/werkstatt/aktuelles/
ZUKUNFT VOM HOTEL MERCURE IN POTSDAM - Im Werkstattverfahren zum ... Hotelhochhaus Mercure soll zukünftig aus Potsdams "Skyline" verschwinden.

·  Wie das Mercure verschwinden kann - Neueste Nachrichten ...

pnn.urban-media.com/potsdam/696423/
07/11/2012 - Innenstadt - Was sie tun müssten, um das Hotel Mercure aus der ... 1999 die Vorstellung, das ehemalige Interhotel könnte in näherer Zukunft fallen, ... noch der Sanierungsträger Potsdam oder ein kommunales Unternehmen.

·  Mercure Potsdam – Wikipedia

de.wikipedia.org/wiki/Mercure_Potsdam
Ir para Perspektive: Zukunft weiter ungewiss - [Bearbeiten]. Ansicht des Hotels vom Südostufer der Havelbucht, rechte Seite zeigt die Spitze der ...

·  Lustgarten: Architekten planen ohne Mercure / Potsdam ...

www.maz-online.de › Lokales › Potsdam
18/11/2014 - Potsdam will einen seiner zentralen Plätze umgestalten: den Lustgarten ... Das umstrittene Hotel Mercure sucht man in jedem der Pläne vergebens. .... ob das Mercure Hotel im neu gestalteten Lustgarten verschwinden sollte: .... gut - Das Bonusmagazin der Märkischen Allgemeinen; Die Zukunft sind wir!

·  Potsdams Mercure könnte bleiben, aber... / Potsdam ...

www.maz-online.de › Lokales › Potsdam
22/02/2014 - Potsdam streitet seit Jahren um das Hotel Mercure, ein Hochhaus aus den 60er Jahren. Nach Meinung der Abriss-Befürworter verschandelt ...
Visitou esta página em 10-06-2015.

·  Mercure Hotel: Potsdams Oberbürgermeister will DDR-Hotel ... Traduzir esta página13/07/2010 - Das Mercure Hotel in Potsdam soll fallen. Potsdams ... Jann Jakobs (SPD) geht, soll der Plattenbau-Koloss aber möglichst bald verschwinden.