2011-11-16

Amor online, tempo, dinheiro, NET+ética=netica, comportamento moral, deontologia e boas maneiras para as novas tecnologias


Tenciono escrever um livro digital, (eBook), orientado para inventar uma nova disciplina a que chamarei netica, (da junção de Net+ética). Partirei das minhas experiências online, dos meus conhecimentos de psicologia, biologia e filosofia do tempo. Tenciono vende-lo online para voluntariado e beneficência. Poderei oferecer antecipações das partes já escritas a quem quiser colaborar mesmo de forma anónima. Poderão manifestar interesse para o e-mail piresportugal@hotmail.com ou deixar desde já comentários e sugestões.
Selecção do melhor que já escrevi:  
Não perca o seu tempo com ódio ao seu ex-marido ou ex-esposa. O ódio é um veneno que se toma esperando que faça mal à pessoa odiada. Mas faz mal a nós próprios.
Quem tem mais amigos no Facebook tem certas partes do cérebro maiores. Alguns concluem que o Facebook desenvolve o cérebro e a inteligência. Mas na verdade outros dados revelam que quem têm mais amigos e passa mais tempo no Facebook tem piores notas. Alguns concluem que o Facebook faz mal aos estudos. Ambas as conclusões podem ser falsas. Ter muitos amigos no Facebook pode ser consequência e não causa de determinado tipo de inteligência. Por outras palavras, pode ter mais amigos por ter um determinado tipo de inteligência emotiva muito popular no momento. Passar mais horas no Facebook do que a estudar pode causar piores notas mas melhor futuro profissional. Com as novas tecnologias é possível colocar em poucos segundos mensagens a invadir milhares de blogs. As tecnologias que podem ter um uso muito positivo podem também causar danos astronómicos pelo tempo que fazem perder ou mensagens erradas que possam transmitir. Seria justo se ganhasse mais quem usa as melhores tecnologias para melhores fins. Mas muitas vezes fazem fortuna os ladrões do tempo, da personalidade e do bom nome de quem usa Internet para fazer um serviço social ou ganhar honestamente o seu dinheiro.