2012-11-24

“Se Fosse Fácil Era Para os Outros”: terceiro romance de Rui Cardoso Martins

Certos artistas têm o dom de intuir os problemas ou questões mais importantes do momento ou futuro. Rui Cardoso Martins tratou no primeiro romance, “E se eu gostasse muito de morrer?”, a segunda causa de morte depois dos acidentes de estrada: o suicídio. Rui Cardoso Martins é natural de Portalegre, uma das regiões mais afetadas pelo suicídio em Portugal. Muitas das suas histórias mais incríveis baseiam-se em factos reais.
O segundo romance: “Deixem passar o homem invisível”, (2009), deu-me a honra de ser o terceiro personagem, Serip, com muitas das minhas ideias romanceadas, com parte da minha vida fantasiada.
Com autorização do autor Rui Cardoso Martins passarei a transcrever algumas partes do seu terceiro romance: “SE FOSSE FÁCIL ERA PARA OS OUTROS”, (Publicações Dom Quixote, www.dquixote.pt, www.leya.com):
“É do conhecimento
geral que o exercício físico:
– Diminui os estados depressivos;
– Diminui o risco de doenças cardiovasculares;
– Aumenta a resistência física e psicológica;
– Proporciona o peso ideal;
– Ajuda no controlo da diabetes;
– Diminui o absentismo do trabalho;
– Aumenta a auto-estima;
Melhora a postura e diminui dores de coluna...”

Sem comentários: