2013-05-22

Tempo, elites, fortunas do passado, presente e futuro da ONU ou NEO-ONU

Uma das famílias mais ricas do passado da Alemanha, (1), fez fortuna economizando tempo com uma rede de sistemas de coches e cavalos que eram substituídos por outros numa espécie de estações de revisão e permitiam viagens mais rápidas para os correios e elites do seu tempo.
Depois surgiram os automóveis que fizeram a fortuna de Agnelli com a Fiat em Itália, Mercedes, VW, Ford, Opel e outras em diversas partes do mundo.
Os últimos maiores milionários economizaram tempo com as novas tecnologias. Estas permitem a proximidade de quem está longe com o telefone, vídeo e incluso trabalho à distância com PC ligados por Internet. As novas tecnologias são hoje um meio de economizar tempo a alguns e fazer perder tempo a outros. Penso que necessita de um governo global da ONU ou uma NEO-ONU para evitar os crimes online e aumentar a utilidade social, em particular com a economia do tempo.