2012-08-14

Factos-Opiniões-Crenças: Papa Alexandre VI, Berlusconi, Leonardo Da Vinci, Arte e NEO-Surrealismo

Vi um documentário na TV Alemã sobre o Papa Alexandre VI que me deixou escandalizado. Tinha a impressão que era a vergonha do Vaticano mas não sabia que tinha chegado a tanto: eleito com a compra dos votos e corrupção dos cardinais votantes da elite da Igreja Católica do seu tempo, usou a família para consolidar o poder, em particular os filhos ordenados cardeais sem contar a religiosidade, a filha casada e divorciada várias vezes de acordo com interesses dos pretendentes, amantes com menos 53 anos, …
Não sei se tudo é verdade ou se exageram ao gosto popular de recordar o pior das elites. Berlusconi disse que não era um santo mas comparado com este papa parece que não fica longe...
Recordo um profeta que em factos de sexualidade, ... É melhor não falar para não correr o perigo de morte.
Aquilo que em determinado momento é comum à maioria ou a muitos e não escandaliza ninguém pode tornar-se noutro momento uma vergonha, um escândalo ou argumento proibido.
A Igreja Católica do Renascimento era um poder económico e político onde nem sempre a religiosidade contava muito. Patrocinava a cultura e artistas como Leonardo Da Vinci, famoso já no seu tempo e sobretudo depois que as suas invenções ou fantasias se realizaram. Andava sempre com um caderno onde anotava ideias, imagens e desenhos para posterior estudo.
Sonhei ser um NEOLeonardo, mas os meus desenhos só me fizeram famoso na escola primária, as minhas invenções, a minha arte e as minhas criações valeram-me 15 prémios que terminarão no lixo e no esquecimento. Leonardo Da Vinci tinha milhares de desenhos e apontamentos que valem uma fortuna. Eu tenho milhares de desenhos, ideias e invenções que só valem para mim. Sonho uma viagem NEO-surrealista de Berlim a Lisboa para salvar do lixo as ideias e criações que só eu considero arte...
Um artista transformou muitas das minhas ideias em arte: Rui Cardoso Martins no seu livro “Deixem Passar o Homem Invisível”. Sonho que um realizador de cinema ou TV acredita que as minhas ideias, invenções e criações não devem terminar no lixo e as transforma em arte num filme ou programa de TV.
Sonho que Berlusconi ou elites de inteligência e eficiência ficam para a história por patrocinarem a transformação das minhas melhores ideias em arte do futuro...
Outro personagem do renascimento italiano daquele tempo foi Maquiavel, (Machiavelli). As minhas ideias em italiano encontram-se firmadas com o nome: Neo-Machiavelli.
Os meus blogs são muitas vezes uma forma colocar o melhor dos meus apontamentos em ideias para a criatividade e inteligência coletiva inventar um futuro melhor.

Sem comentários: