2012-08-05

Terrorismo 9/11 visto da TV alemã e italiana


Certas teorias sobre as mentiras oficiais americanas sobre o terrorismo do 11 de Setembrro de 2001 são muito populares. Um milionário americano ficou famoso por gastar 7 milhões de dólares a financiar estas teorias. 
Um filme sobre a mentira do 9/11 foi contestado numa TV da Alemanha com os prós e contras. Ao contrário de Report de Rai3 que apresentou com grande orgulho um film com a teoria contrária à oficial como se fosse pura verdade contra as mentiras do governo americano. No melhor horário da TV, num dos mais populares programas de Rai3, foi mostrado um filme apresentado como se fosse o orgulho da primeira TV pública a apresentá-lo.
Na TV alemã, (N24, às 15.40 de 2012-08-05), mostram os factos e as diferentes interpretações: 11 meses depois apareceu na França um filme com a teoria da mentira americana, teoria do míssil contra o Pentágono, …
Segundo uma teoria foram os judeus que fizeram os ataques terroristas e avisaram todos de origem judaica para não irem trabalhar naquele dia. Segundo esta teoria não morreu nenhum judeu nos ataques terroristas. Segundo outra informação morreram mais de 400.
Como podem produzir tantas informações contraditórias? Online tem prioridade a verdade ou mentira mais populista?
Rai3, uma TV pública que era controlada pelo Partido Comunista Italiano e continua com o seu público de predominância comunista, informa melhor ou pior de uma TV privada na Alemanha? Eu não tenho dúvida de que a informação de Rai3 é condicionada pelo populismo comunista anti-americano e para agradar ao seu público deve apresentar Bush como mau e Osama Bin Laden como vítima inocente dos americanos.

Sem comentários: