2013-07-13

Jardins, flores, mortos de fome, fantasias para um filme ou NEO-ONU, (S6M, FFF)


Vi uma casa grande de luxo, com um grande jardim quase como meio campo de futebol, um lago com peixes num canto, uma estátua noutro, árvores cortadas regularmente por profissionais de jardinagem à volta de um lameiro com a relva cortado 2 vezes por semana. Imaginei que em vez de cortarem a relva alimentavam vacas, ovelhas, cabras, coelhos e/ou galinhas, …
Recordei os 50.000 casais que em Itália queriam adotar crianças mas não conseguiam devido às burocracias e leis que eu considero um crime contra a humanidade: dificuldade em adotar crianças a morrer de fome...
Imagino que só em Itália podiam ser adotadas mais de 100.000 crianças se em vez das dificuldades existissem só facilidades e apoios a todos os que as pretendem adotar.
Recordei a notícia de uma criança de 8 anos que tratou dos pais doentes...
Imaginei uma história para um filme:
Um casal de reformados numa casa grande recebia a visita de uma criança de 8 anos sem pais mortos numa guerra, pedia para a adotarem, … Em vez das máquinas a cortar relva os novos pais-avós divertiam-se com a criança a alimentar coelhos, galinhas, … Mais tarde é o filho adoptivo que os cuida na velhice, ... Morrem felizes por ter salvado uma crianças de morrer de fome... Esta criança torna-se presidente de uma NEO-ONU... Salva milhões de crianças de morrerem de fome... 
Escutei histórias dos vencedores russos que violavam as mulheres alemãs durante e após a Segunda Guerra Mundial, roubavam … Imagino que os alemães fizeram o mesmo ou idêntico... Todas as guerras são idênticas?
As fronteiras do passado foram quase sempre feitas com guerras e sangue, muitas mortes e justiça dos vencedores...
Imaginei um PMM=Profeta de um mundo melhor que escreve ideias para evitar guerras com uma NEO-ONU e salvar milhões de crianças da morte de fome … mas acaba por morrer de fome … Pouco antes de as suas ideias fazerem a fortuna de autores, registas, programas de TV, …