2011-06-20

Voluntariado, voluntários profissionais, trabalho e Neo-voluntariado, (VIAS, AVI, TIL, APAV, ONG, ONLUS)

O voluntariado mais tradicional e genuíno consiste num trabalho totalmente gratuito por um ideal religioso, social ou prazer de ser socialmente útil.

Este trabalho beneficia muitas vezes de profissionais do voluntariado onde o ideal social se completa com a maior responsabilidade profissional.

Proponho uma forma de Neo-voluntariado onde estas duas formas se completam sem grandes burocracias ou normas rígidas mas mais pragmatismo e atenção ao melhor funcionamento com mais satisfação dos colaboradores e maior utilidade social.

Jovens sem trabalho que não sabem o que fazer NÃO DESENVOLVEM AS SUAS CAPACIDADES e podem mais facilmente criar vícios ou maus hábitos causando danos irreversíveis para eles e para a sociedade. As faculdades que não se desenvolvem até aos 25 anos dificilmente se podem desenvolver mais tarde. Jovens estudantes podem encontrar no voluntariado uma forma de pôr em prática o que aprendem, estimular as suas capacidades e preparar um futuro profissional no próprio voluntariado ou actividades onde colocam em prática o que aprenderam.

Muitos adultos na reforma envelhecem mais depressa por falta de actividade que o envolva mesmo afectivamente. Para muitas pessoas o voluntariado pode ser uma forma de viver melhor e mais tempo.

Sem comentários: