2009-06-19

Justiça ou crime premeditado (argumento para livro ou filme de fantasia )

Muitas vezes sonhei escrever argumentos para livros ou filmes de fantasia inspirada na realidade. Deixo aqui algumas ideias. Se alguém pensa que devo continuar pode deixar aqui um commentário:

Custou-me a adormecer com aqueles problemas, emoções e revolta ... Acordei cedo e continuei a pensar no assunto mas com outra prospectiva: Justiça ou escândalo!

Escrevi ao director de um jornal, não para fazer escândalo mas para o preparar. Ou talvez para preparar uma revolução judicial.

Mas não sei se a devo enviar. As minhas emoções variam entre momentos de entusiasmo e depressão. Escrevo lentamente, vejo um jovem a escrever velozmente e penso que já estou velho, que até no escrever se nota a minha decadência,

Depois tomo coragem e penso que ainda tenho um grande contributo a dar para acabar com as fantochadas a que chamam justiça e inventar uma nova justiça...

Para já escrevo cartas de fantasia a pessoas em código de fantasia mas inspiradas a pessoas reais:

Carta aberta ao p45ggg e a todos os políticos da República das Bananas: se legalmente não obtiver justiça enfiarei uma túnica onde escreverei: "FAÇAM OUTRAS LEIS OU CAGUEM NAS LEIS MAS FAÇAM JUSTIÇA" .

Não tirarei esta túnica enquanto não obtiver justiça. Se eu for para a cadeia aqui deixo o meu grito de revolta contra todos os responsáveis e irresponsáveis das fantochadas e injustiças da velha justiça. Se eu morrer como um vagabundo a minha morte será um escândalo em nome de todas as vítimas de injustiças que morrem por serem destruídas economicamente e psicologicamente de outros...

Se os piores vivem com a morte dos melhores o mundo tenderá a ser sempre pior.   

Falei com uma pessoa muito culta e inteligente sobre a minha intenção de fazer agora o processo ao ggga. Conhece bem o caso e aconselhou-me a desistir. Todas as pessoas mais inteligentes e informadas, incluso vários advogados e juizes que conhecem o caso do ggga me dizem que gasto dinheiro para nada, que nunca verei o dinheiro que me roubou, que é melhor esquecer...

Isto prova como os próprios representantes da justiça não acreditam na verdadeira justiça. Se não obtiver justiça por meios legais a minha vida será uma luta por justiça e o meu testamento será para que a luta por justiça continue. Se por meios legais não obtiver justiça será a vergonha desta justiça. As emoções que provo e os danos psicológicos que o ggg continua a causar-me não têm preço. Neste momento penso que nem com 10 milhões de euros me indemnizava pelos que me causou. Este caso destruiu-me  economicamente e psicologicamente.

Amanhã vou falar com o advogado e pedir o máximo possível, mesmo na condição que eu não receba nada e que esse dinheiro sirva para a AVI, para fomentar melhor justiça, em especial para as vítimas que mais precisam. Se dos meus escritos resultarem  direitos de autor gostaria de os utilizar para esta associação.

Nestes estados de depressão e revolta, já deitado e cansado mas sem conseguir dormir, como único remédio escrevo fantasias que não sei se ficarão na Internet sem serem lidas por ninguém ou um dia originarão um livro, um filme, um programa de TV, ou uma revolução:

Justiça ou crime premeditado

O zzz sonhou que recebia os 10 milhões de euros da condenação do ggga e começaria uma nova vida: acreditava naquelas palavras de Cristo bem aventurados os que têm fome e sede de justiça porque serão consolados". Com esse dinheiro financiaria obras de beneficência em favor de vítimas de injustiças ...

Mas estas fantasias positivas estavam continuamente a ser disturbadas por outras negativas de crimes e destruição para obter  justiça...

O zzz sabia que essas fantasias criminosas só resultam no cinema ou feitas por profissionais. Não sendo um profissional do crime como era o ggga só lhe restava permanecer na fantasia para cinema ou contratar profissionais do crime.   

Editores, autores e livros do futuro no meu imaginário

Sem comentários:

Publicar um comentário